àqueles que vivem dentro e fora

Na casa do gato branco morava um menino gordinho, de cabelos encaracolados e um jeito todo doce de melhor amigo.

A mãe costurava divinamente e o pai, um homem de mais estrada rodada, vivia contando suas histórias de quando levava luz para o interiorzão.

O menino gordinho era bem cheio de buchechas e suor escorrendo pela lateral do rosto. Sempre tinha um jeito de “pai dos outros” ou de “irmão mais velho”, o menino gordinho tinha um nome roseano como são os nomes criados dos moleques que nascem onde ele nasceu: uma França em terras de gibão e carne de bode. Ildo. Tão iguais e tão diferentes de seus iguais! O menino gostava de música quase tanto quanto das pessoas que preenchiam sua vida. Ele pegava tampa velha de alumínio e vários talheres de formatos diferentes e tocava, experimentava, suava um suor de notas musicais num barulho que fazia o vizinho franzino tapar os ouvidos frágeis.

Tinha que ser instrumento de gente grande, porque ele também era grande. E ele ficava imenso atrás daquele monte de prato… ele ficava do tamanho de um gigante anjo de sinos badalantes.

Sonhando o menino foi ficando menos menino e, cada vez mais, aquela coisa de sair batendo em lata de todo tamanho foi virando coisa de menino que não era mais menino. Passou a ser escolha de vida de adulto corajoso. Coisa de gente que tem certeza do caminho que quer seguir.

O gato de pêlo branco e fofo  ficava em cima das caixas e se enrolava nos fios do retorno. Pulava no pedal. Se aninhava devagar na música barulhenta desses meninos que gostam de rock.

E foi sempre assim. E sempre será assim, desde que o mundo seja mundo nas terras das pessoas.

Tem gente para tudo, inclusive para colorir com música a alma dos pobres mortais…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s